Categoria: Segurança

Bitcoins: O dinheiro que os cibercriminosos também querem

O novo ano não começou da melhor maneira no mundo da Bitcoin, segundo a Kaspersky Lab. A 4 de Janeiro de 2015 aconteceu um ciberataque contra a BitStamp, uma das maiores empresas que se dedicam à compra e venda desta moeda em todo o mundo, que teve como consequência a perda de quase 19.000 BTC (sigla da moeda cibernética), o que equivale a cerca de cinco milhões de dólares.


Apenas 40% das empresas aplicam patches contra ciberataques

Os cibercriminosos melhoraram ainda mais as suas capacidades de tirar partido das falhas de segurança, enganar as defesas corporativas e ocultar a atividade maliciosa.

Estas são as principais conclusões do Relatório Anual de Segurança 2015 da Cisco, que revela como as organizações devem adotar uma estratégia unificada e otimizá-la constantemente para se defender face a ciberataques cada vez mais sofisticados.


Microempresas com muita tecnologia mas pouca segurança

Um estudo realizado pela Kaspersky Lab questionou 3.900 trabalhadores das TI de todo o mundo sobre os desafios tecnológicos que enfrentaram nos 12 meses anteriores e 34% das microempresas declararam ter conseguido realizar a integração dos dispositivos móveis dos seus funcionários na sua actividade.

Surpreendente é o facto de este número ser quase idêntico à taxa de integração móvel conseguida pelas grandes empresas, que se situou nos 35%.


Vodafone Secure Net com novas funcionalidades

O Vodafone SecureNet é um serviço cómodo e simples de utilizar, uma vez que não requer a instalação de nenhum software ou qualquer configuração adicional. Com a sua actualização, o utilizador pode agora alargar este serviço a outros equipamentos (placas de banda larga móvel, tablets, ou outros smartphones), criando um Grupo de Equipamentos e colocando-os sobre protecção das várias ameaças online.


Número de ciberataques a empresas duplicou em 2014

De acordo com a Kaspersky Lab, os ataques dirigidos e as campanhas maliciosas direccionadas a empresas, governos, instituições públicas e privadas destacam-se sobretudo em termos de escala e impacto. Estes ataques afectaram mais de 4.400 alvos do sector empresarial em pelo menos 55 países em todo o mundo.

Além disso, foi detectada uma série de campanhas de ciberfraude que resultou em perdas económicas de milhões de euros. Em 2015 os ataques a caixas automáticas e as técnicas de APT irão desenvolver-se, permitindo aceder ao “cérebro” das máquinas ATM. O passo seguinte serão os ataques que comprometem as redes de bancos e a utilização desse nível de acesso para manipular caixas automáticos em tempo real.


O site da sua empresa está seguro? Tem a certeza?

Por vezes o seu site apenas precisa de pequenos ajustes, de alguma salvaguarda para que não seja trivial executar ataques e subtrair informações dos seus servidores. Assim, vamos deixar algumas dicas, simples, que servem de lembrete.   Actualizar o Software...


Ciberameaças: Mais mil milhões que em 2013

Em 2013, a maioria dos ataques web foi realizada utilizando recursos web maliciosos localizados nos EUA e Rússia, enquanto em 2014 a Alemanha foi o país que mais websites maliciosos alojou, a seguir aos Estados Unidos. A Holanda ocupa o...


Jovem “Hacker” Libertado no Reino Unido

Imagem: Google

Um homem de 19 anos residente em Stockton-on-Tees no Reino Unido foi condenado a 12 meses de prisão em regime de liberdade condicional, depois de se ter declarado culpado por uma série de ataques DNS aos serviços governamentais da Metropolitan Police....


TOR identifica servidor russo por ataques de malware

Segundo algumas investigações realizadas, um servidor russo utilizado por esta ferramenta está a espalhar um malware por todos os utilizadores que façam download de qualquer tipo de ficheiro durante a utilização desta ferramenta. Segundo Josh Pitts, investigador na empresa Security...


×