Inteligência artificial não irá substituir a força laboral humana

Apesar dos desenvolvimentos na automatização e robótica e a consequente preocupação perante a substituição de pessoas por robôs, a tecnologia irá ajudar os colaboradores, mas não dispensará a intervenção humana.

Esta é uma das previsões centrais do estudo Future First, que identifica as principais tendências do mercado de trabalho do futuro, realizado através duma parceria entre a Michael Page e os analistas de tendências da plataforma Foresight Factory.


Inteligência artificial não irá substituir a força laboral humana

Destaques PPLWARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×