PCP quer alterar a Lei das Comunicações Eletrónicas

Na passada sexta-feira o PCP apresentou na Assembleia da República um projecto de lei (Projeto de Lei 30/XIII) que visa alterar a Lei das comunicações eletrónicas estabelecendo limites à oneração dos utentes pela resolução de contrato no período de fidelização (12.ª alteração à Lei n.º 5/2004, de 10 de fevereiro).


PCP quer alterar a Lei das Comunicações Eletrónicas

Destaques PPLWARE

6 Respostas

  1. Francisco diz:

    Há uma coisa que deveria ser alterada… A obrigação dos canais Tv… porque ser obrigado em 187 canais?

    • Mike diz:

      187canais? Eu so queria net, nem queria telefone, estou a pagar 40€ por net+canais+tlf na altura colocaram este pacote por causa de um desconto qualquer da BEU e dos pacotes que têm so com net e telefone a diferença fica nos 10€ + 2anos de fidelização…

  2. Pedro diz:

    Esperemos que este seja o fim dos contratos de permanência abusivos!

  3. okapi diz:

    Não tem problema , aumenta-se os custos. Eu tenho um contrato de 24 meses e se quisesse um de 12 estaria a pagar o dobro. Conversa só pra encher, as operadoras arranjam formas de compensar e estes inteligentes s em vez de facilitar complicam.

  4. Ricardo Costa diz:

    A ser assim a Proposta está muito mal estruturada.
    Obviamente as Operadoras vão ajustar caso seja aprovada. a Vodafone se bem me lembro tinha a opção de fidelização de 12 ou 24 meses. A de 12, se não me engano e corrijam-me se estiver enganado, não havia desconto na mensalidade.
    Continua a não haver solução há vista os pacotes de tv mais pequenos não têm os canais que quero, a maioria dos canais nem vejo, se subscrever o pacote maximo de canais apenas vou ver 15 canais!!! ora por que temos de pagar por canais que nada nos interessa.
    A nivel de telefone, eu não necessito de chamadas internacionais, porque as tenho? para justificar o preço?
    enfim…

  5. jose francisco diz:

    No passado dia 29 de Janeiro 2016 no programa grande Reportagem e coragem da RTP 1
    mostrou como opera em especial a operadora NOS COMUNICAÇÕES SA tirou a já depenados mais de 70 milhões de Euros onde a Imprensa e Justiça e Governo se remeteu ao silencio absoluto ninguem comentou nem na Ditadura havia tanto segredo admiro a grande coragem da RTP 1 Jornalistas assim deviam ser premiados mas talvez vão para o desemprego aqui dão medalhas a inuteis os verdadeiros herois sao esquecidos daqui 500 anos talvez se lembrem destes jornalistas de coragem

Responder a Ricardo Costa Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×